Conheça o Open Insurance e saiba como tem revolucionado o Mercado de Seguros

Ed Tomaz
Conheça o Open Insurance e saiba como tem revolucionado o Mercado de Seguros

O mundo digital já mudou diversos setores ao longo da história, desde o entretenimento até transferências bancárias e investimentos. E o mesmo deve acontecer com o Mercado de Seguros após a introdução do Open Insurance.

A expectativa é que esse conceito traga mais flexibilidade e autonomia, tanto para as Seguradoras quanto para os clientes. Porém, para poder se adaptar a esse novo cenário, é importante entender como deve ser o seu impacto e quais mudanças devem ser iniciadas de imediato.

Confira o artigo e entenda melhor o que você precisa fazer!

O que é Open Insurance?

Similar ao conceito de Open Banking, o Open Insurance é um sistema que reúne múltiplas empresas de Seguro em uma mesma plataforma padronizada de dados. As empresas participantes poderão criar seus próprios produtos e aplicativos e disponibilizá-los para os clientes dentro da plataforma.

Veja quais são os três principais fundamentos dele abaixo!

Experiência digital

Com a popularização da tecnologia digital, cada vez mais a preferência do público é pela praticidade e pela agilidade. Algo que faz parte da experiência digital do consumidor. Da mesma forma, essa plataforma oferece às empresas mais recursos para coletar dados sobre o público e elaborar melhores estratégias de venda de Seguros.

Inovação aberta

Um dos maiores benefícios do Open Insurance é o uso de uma plataforma integrada e padronizada para viabilizar o desenvolvimento de novas soluções de Seguros. Com maior acessibilidade, há também mais espaço para empresas que trazem soluções inovadoras.

Modelos de negócios inovadores

Falando em inovação, também é de se esperar que esse novo ambiente favoreça novos modelos de negócio entre as Seguradoras. Dessa forma, as empresas poderão entregar novas soluções, além de mudar a maneira como os clientes buscam os serviços de Seguros e como os Corretores de Seguro atuam.

Como deve funcionar no Brasil?

O método básico do Open Insurance deve ser o mesmo que é usado no mercado internacional: uma plataforma integrada digitalmente, em que empresas e produtos de Seguro são apresentados de forma padronizada. Dessa forma, o cliente terá mais recursos para facilitar sua própria tomada de decisão.

Um Plano de Regulação já está em moção pela Superintendência de Seguros Privados (Susep), com o objetivo de ajudar na regulamentação e legalização desse sistema. Ou seja, não será necessário esperar muito pelo resultado.

Como o Open Insurance deve impactar o Mercado de Seguros?

O principal efeito que será sentido no mercado é o acesso a uma variedade maior de serviços simultaneamente. Por exemplo, uma empresa pode acessar a plataforma e contratar diferentes produtos de diferentes empresas, dando maior margem para a personalização. Algo muito importante para clientes que fazem a contratação de Seguros em larga escala e para várias finalidades.

Com mais opções, a concorrência entre as empresas também deve aumentar. Isso significa que os clientes devem ficar mais exigentes com relação à qualidade do atendimento, cobertura dos Seguros e relação entre custo e benefício. Algo que vai exigir mais da sua gestão comercial.

Ainda deve levar algum tempo para que o Open Insurance seja totalmente consolidado no Brasil, mas é importante que a sua empresa se adapte o quanto antes para aproveitar essas mudanças e maximizar a satisfação do público.

Quer continuar acompanhando nossas novidades? Então siga-nos no Facebook, no Instagram e no LinkedIn agora mesmo!

Ouça o TExTalk!  🎧

Assine nossa Newsletter para receber artigos e dicas!

Acompanhe a TEx!

TEx - InstagramTEx - FacebookTEx - LinkedInTEx - YoutubeTEx - TikTok
Marketing de Conteúdo para Corretoras de Seguros
TELEPORT - Revolucione sua Corretora

Tags

tendências

Open Insurance

planejamento