Saiba como softwares de gestão aumentam as vendas de uma corretora de seguros

Tempo de Leitura: < 1 minuto

[responsivevoice_button voice=”Brazilian Portuguese Female” ” buttontext=”Clique para ouvir este Post”]

Softwares para gestão de venda estão, hoje, entre os recursos digitais mais importantes para corretoras de seguros. Suas vantagens tornam seu uso fundamental para profissionais que precisam lidar com múltiplas tarefas e, ao mesmo tempo, pensar estrategicamente.

É o caso dos corretores, muitos dos quais estão à frente de equipes de vendas e precisam contar com ferramentas que facilitem seu trabalho. Em se tratando de softwares, é importante destacar aqueles que são configurados como ERP.

Um Enterprise Resource Planning é projetado para atender às demandas específicas de uma empresa. No caso das corretoras, um ERP precisa integrar diversos sistemas, que não se comunicariam, caso não houvesse um sistema pensado para quem lida com cotações e gestão.

Continue lendo, e saiba quais os resultados que um software para gestão de venda pode trazer para sua corretora!

Aumento da produtividade

Corretores de seguros que ainda não trabalham com um software que integre diversos processos, por desconhecimento, acabam deixando de aproveitar uma série de recursos úteis. Pense, por exemplo, no tempo desperdiçado quando um contrato de seguro automotivo é fechado e não há nenhuma automatização.

Você fecha o contrato, informa o setor financeiro, em seguida faz contato com a seguradora entre diversos outros procedimentos administrativos. Ao mesmo tempo, precisa lidar com relatórios a serem repassados para diretores, enquanto tem que pensar em formas de vender mais. Complicado, não?

Quando estamos atarefados demais, tendemos a tomar decisões erradas, quando não são as piores possíveis. Quem afirma isso é o vencedor do Prêmio Nobel de economia, o americano Richard Thaler, que criou a teoria da contabilidade mental.

Portanto, se você quer evitar uma decisão ruim, e que comprometa a produtividade, considere seriamente a utilização de um software. Assim, você integra todas as etapas burocráticas do seu negócio, liberando tempo para tomar decisões mais criteriosas.

Melhoria de processos

Não é difícil, entre profissionais que trabalham em corretoras de seguros, encontrar alguém insatisfeito com a desorganização de sua empresa. Sabe onde essas empresas falham? Nos processos, que não foram planejados para serem eficientes.

Corretoras são abertas com a finalidade de vender seguros, não é? Quem se importaria com processos, se não é esse o core business da empresa? Pois é justamente por pensar assim que muitas corretoras deixam de lucrar.

Um exemplo prático pode ajudar a entender o que um processo significa. Digamos que uma pessoa ligue, interessada em um seguro automotivo. Ela fornece seus dados pessoais e informações para conhecimento da seguradora, como a cidade e o bairro onde mora.

Você, por mais articulado que seja, não saberia dizer, na hora, os valores para o perfil informado, muito menos passar para o potencial cliente diferentes cotações. Essa percepção de não saber o que fazer poderia ser evitada, com facilidade, caso um processo estivesse previsto para esse tipo de situação.

No caso de uma proposta de seguro, uma ferramenta que integre diversos procedimentos pode significar mais vendas, pois agiliza o repasse das cotações.

Diminuição de retrabalho

Continuando com o exemplo citado no tópico anterior, vamos imaginar que o cliente teve mais paciência que o normal e esperou você fazer pelo menos três cotações.

Como sua corretora não conta com uma ferramenta que faça Multicálculo, é necessário você repetir diversas vezes uma mesma tarefa, para ter as informações de que precisa. Não seria mais simples, se sua empresa contasse com um ERP que contemplasse essa necessidade?

O trabalho de corretores de seguros pode ser muito repetitivo, uma vez que trabalham repassando informações que se cruzam e que não poderiam ser organizadas logicamente sem um recurso informatizado.

Um trabalho que se repete é um verdadeiro ralo, por onde o tempo escoa sem o menor aproveitamento. Evitar o retrabalho é, provavelmente, um dos maiores benefícios que softwares de gestão integrados proporcionam para corretoras de seguros. Assim, números e dados que precisam ser replicados deixam de representar um gargalo de produção, pois passam a ser tratados digitalmente.

 Comunicação mais direta

Um ERP significa a integração de diversos sistemas, por onde circula uma quantidade expressiva de informação. Onde há informação cria-se a demanda por comunicação. Nesse aspecto, um software de gestão também é útil.

Uma vez que pode ser configurado também como um canal d